quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014
Em pé: Cristovão, Valtão, Juarez, Alfredo, Bereu, Valmer, Saruê, Alexandre, Luciano, a saber, Zé de Chiquita. Agachados: Val, Josué, Aloísio, Papinho, Toninho Dumas, Tonho de Bazinho, Gerson, Zé Perninha, Pedro da Farmácia e Marco Polo.
Imagem: Josué da Conserv

Internacional o primeiro campeão lagartense

Parafraseando Nelson Rodrigues, eu diria que “Lagarto é uma cidade de chuteiras”. Não há exagero nenhum em mencionar o nosso futebol amador como marca de uma geração e identidade de um povo.

Pelos idos de 1967 um time do Rio Grande do Sul, enchia os olhos dos brasileiros acostumados com os times do eixo Rio-São Paulo, era o Internacional que em sua primeira participação em uma competição nacional sagrava-se vice-campeão. Coincidência ou não, neste mesmo período nascia em Lagarto uma agremiação que carregava o mesmo nome do primo rico do sul do país. Um colorado que por mais de 30 anos desfilou nos gramados regionais um futebol de alto nível.

Pesquisar

Carregando...

Quem sou eu

Minha foto
Renato Araujo Chagas, graduando em História pela Universidade Federal de Sergipe.

Leitores Online

online

Total de visualizações